O que é a rotura do tendão de Aquiles?

Sofia Veiga

Personal Trainer
Categorias
  • Exercício

14-01-2019

img

Uma rotura do tendão de Aquiles ocorre quando o tendão se “rompe ou rasga” levando a que exista separação ou descontinuidade nos tecidos que compõem o tendão.

Em termos de anatomia, o tendão de Aquiles, é uma espécie de “cordão” fibroso que liga o músculo ao osso, é o maior e mais forte tendão do corpo.

A rotura traduz, muitas vezes, a existência prévia de microtraumatismos do desporto ou degeneração (envelhecimento) do tendão. Na maioria dos casos, a rotura ocorre na parte inferior do tendão (logo acima do calcanhar), mas pode ocorrer em qualquer local ao longo do tendão. Perante um tendão saudável a lesão pode surgir no osso ou no músculo.


Roturas totais, roturas parciais

Podemos, genericamente, classificar as roturas do tendão de Aquiles em:

  • Rotura total - na rotura total do tendão de Aquiles os tecidos rompem de uma forma completa, ou seja, o tendão fica “separado” completamente.
  • Rotura parcial - numa rotura parcial do tendão de Aquiles o tendão não rompe completamente, ocorre apenas uma rotura incompleta. As roturas parciais podem variar bastante de gravidade de acordo com a extensão da lesão.

Uma rotura total é mais frequente do que uma rotura parcial. Por norma, uma rotura total é uma lesão mais grave quando comparada com uma rotura parcial. A rotura parcial também pode apresentar dor que pode ir de moderada a intensa e se não for reconhecida pode evoluir, rapidamente, para uma rotura total.

Causas

O tendão de Aquiles pode perder elasticidade e ficar “fraco e fino” com a idade e a falta de uso. Então, torna-se propenso a lesões ou roturas.

A rotura é mais frequente em pessoas com tendinite (inflamação do tendão) preexistente do tendão de Aquiles. As tendinites de repetição e as consequentes calcificações são um fator de risco para a rotura do tendão.

Certas doenças como artrite e diabetes também podem levar à lesão

A ruptura ocorre com maior frequência no atleta masculino de meia idade. A lesão, geralmente, ocorre durante os deportos que exigem impactos com o solo, rápidas deslocações, corrida, saltos, etc.. Na maioria das vezes, são futebol, atletismo, ténis, basquetebol, andebol entre outros. As roturas podem, no entanto, também ocorrer em atividades do quotidiano. Por exemplo ao cair de uma altura significativa, ao entrar abruptamente num buraco, acidentes de viação, etc..

 

Sintomas

Os sinais e sintomas na rotura do tendão de Aquiles são:

  • Uma dor súbita e severa pode ser sentida na “parte de trás” do tornozelo ou da “barriga da perna”, muitas vezes descrita como "ser atingido por uma pedra ou um tiro" ou "como alguém a pisar na parte de trás do tornozelo";
  • O som semelhante a um estalo pode ser ouvido;
  • Uma descontinuidade ou depressão (vazio) pode ser sentida e vista no tendão acima do
  • osso do calcanhar;
  • Impossibilidade de se colocar em “pontas de pés” do lado afetado;
  • A dor inicial, edema (inchaço) e rigidez podem ser seguidas por contusões e fraqueza (não conseguir apoiar o pé no chão, caminhar).


Tratamento

O objetivo do tratamento é restaurar a função do tendão, para tal, é necessário que os tecidos que compõem o tendão cicatrizem “unidos” entre si. Desta forma, será possível voltar ao mesmo nível de atividades antes da lesão. O fortalecimento dos “músculos gémeos” e do Aquiles é gradualmente permitido à medida que o tendão cicatriza. 

Partilha com os teus amigos

Posts Relacionados

img
  • Sofia Veiga,
  • Personal Trainer

Porque cada vez mais empresas querem ter trabalhadores felizes e saudáveis?

Mary Kay Ash, empresária norte-americana, referiu: “As pessoas são, definitivamente, o maior ativo de uma empresa. Uma empresa é tão boa, quanto(...)

08-02-2019

img
  • Mahima,
  • Instrutora de Yoga

Yoga, energia sexual e o amor

O universo está em constante movimento, nada está estático e tudo é energia. Hoje em dia temos a sensação que o tempo passa muito depressa,(...)

05-02-2019

img
  • Sofia Veiga,
  • Personal Trainer

Exercício físico e performance sexual - Existe uma relação

Muitas vezes questiona-se se o exercício físico e o sexo possuem uma relação. Saiba mais, neste artigo, sobre a relação entre estes dois conceitos.

31-12-2018

img
  • Bárbara Codina,
  • Personal Trainer

O que é uma luxação

A luxação é uma lesão intra-articular em que um dos ossos é deslocado, perdendo o seu encaixe natural, ou seja, a separação de dois ossos que(...)

31-12-2018

img
  • Sofia Veiga,
  • Personal Traner

Com que idade devemos fazer exercício físico?

Sabemos bem que não há uma idade certa para dar inicio à actividade física assim como uma idade certa para deixar de fazer exercício físico.

27-12-2018

img
  • Sandro Jesus,
  • Personal Trainer

Como fazer um agachamento corretamente?

A capacidade de adaptação face aos contextos e necessidades dos seres humanos é uma constante.

26-12-2018